Portuguese Dutch English French German Greek Italian Japanese Korean Russian Spanish
  • Home
  • Blog
  • O samba de raiz, sua história e porque esse ritmo tem tudo a ver com sua celebração

O samba de raiz, sua história e porque esse ritmo tem tudo a ver com sua celebração

Para sermos precisos e começar com um fato histórico: a primeira vez que o termo “samba” apareceu em algum lugar foi em uma revista chamada ‘O Carapuceiro’, distribuída em Pernambuco, mais exatamente em fevereiro de 1838. O texto, de Miguel do Sacramento Lopes Gama, dizia o seguinte:

“Aqui pelo nosso mato,

Qu'estava então mui tatamba,

Não se sabia outra coisa

Senão a Dança do Samba.”

 

Roda de samba raiz

 

Acontece que o tal do ‘samba’ servia para definir vários tipos de músicas, semelhantes, mas com pequenas diferenças de instrumentos, ritmo e letras. Do Maranhão até São Paulo, havia um monte de parentes próximos, eram todos sambas, no final das contas. Era o (ou ‘os’) samba nascendo e se desenvolvendo.

Samba de Raiz

Agora, já entrando especificamente no assunto principal deste artigo, como era isso de Samba de Raiz mesmo? Bem, o caso é que não existe um único tipo de samba raiz, o que seria um estilo específico foi sendo desenvolvido por diferentes artistas, em diferentes momentos, cada um à sua maneira.

Então, quer dizer que o Samba de Raiz teve diferentes representantes, em diferentes momentos, e de diferentes formas? Exatamente. Se essa afirmação acabou lhe confundindo, vamos detalhar alguns representantes de cada momento pra dar uma melhor ideia. Digamos que você pergunte para gerações diferentes ‘quem representa o samba de raiz?’, você provavelmente vai escutar as seguintes respostas:

Para seus avós. Para essa geração mais das antigas, a resposta vai passar por Cartola, Noel Rosa, Antônio Candeia, Nelson Sargento, Adoniram Barbosa, dentre outros. É o famoso Samba Raiz da velha guarda!

Para seus pais. Adiantando um pouco o relógio do tempo, se a gente perguntar para a geração na faixa dos 40 anos pra cima, já vamos escutar algumas outras referências como Paulinho da Viola, Martinho da Vila, Beth Carvalho, Demônios da Garoa, Fundo de Quintal… e a lista segue.

Para a geração mais atual. Um pouco abaixo dos 40 - naturalmente, isso pode variar um pouco :) - vão entrar artistas como Zeca Pagodinho, Fundo de Quintal (de novo!), Alcione, Almir Guineto e etc.

Sua celebração + Samba de Raiz ao Vivo + Apito de Mestre

Resumindo: no final das contas, cada geração elege os representantes do que seria o samba de raiz. E, a partir desse entendimento, a gente pode perceber que o samba de raiz cai bem para qualquer público.

Qualquer público, mesmo? Exatamente. É só contratar uma banda que possa se adaptar aos convidados do seu evento e tocar só o repertório que conecte com suas emoções e lembranças.

Pra dar uma melhor noção disso, deixa a gente te mostrar uma coisa, como a Apito de Mestre se adapta a seu público e evento, dá uma olhada nos clássicos do samba que podemos tocar em seu evento (não deixe de escutar a playlist!)

O verdadeiro samba de raiz ao vivo é feito por uma roda de samba de primeira. E nisso, a gente, da Apito de Mestre, pode dizer que temos o maior prazer em criar um ambiente autenticamente de raiz com nossa roda de samba e pagode (termo utilizado pelos bambas, que hoje se usa pagodinho mela cueca). Confira nossos vídeos de apresentações ao vivo para ver nosso grupo em ação.

Entendeu porque o samba de raiz tem tudo a ver com seu evento? Nada melhor do que poder contar com uma atração capaz de agradar, literalmente, a todo mundo. E parabéns por ter chegado ao final deste artigo, isso significa que você entendeu as variações do samba de raiz através dos tempos e já sabe com quem falar para animar seu evento :). Aquele abraço e até o próximo artigo!

Adicionar comentário

Código de segurança Atualizar

Telefones

+55 (11) 4117-0444 . (11) 2872-5738
Vivo: (11) 97294-5848 . Oi: (11) 99165-2026
Tim: (11) 98433-7382 . Claro: (11) 99178-1666
Nextel: (11) 94733-0111

Endereço

Rua Albertina Vieira da Silva Gordo, 38
CEP: 02410-000 / Vila Aurora- São Paulo


Horário de atendimento de segunda a sexta das 09h às 18h